VOCÊ É UM SUICIDA

Atualizado: Mar 17


Seria possível que você seja um suicida? Que esteja lentamente se matando? Talvez, tudo que leia acerca de um dos maiores inimigos que está em nosso meio, faça com que você veja isso.

A natureza colocou no açúcar os elementos que proveem grande energia. Mas o homem perverteu seu uso e sua origem, sobrecarregando seu organismo de açúcar altamente concentrado e quimicamente branqueado.

A verdade é que não podemos viver sem açúcar. Mas para sabermos onde está o perigo, temos que considerar a quantidade de açúcar que o corpo requer.

O açúcar é de fato um elemento indispensável à nutrição, mas a sua natureza e seu uso não são bem compreendidos pela maioria. Comecemos considerando a glicose encontrada num sangue normal e sadio. Saiba que a glicose é a substância que as células queimam para produzir calor e energia, que são distribuídos a todas as regiões do corpo. O açúcar contido no nosso sangue é proveniente dos alimentos que ingerimos, das proteínas e gorduras que convertemos em glicose.

O termo 'açúcar" é aplicado a vários tipos de substâncias doces, algumas das quais são excelentes alimentos, ao passo que outras nem tanto, e até mesmo, são prejudiciais à saúde.

A melhor forma de obtermos o açúcar para suprir as necessidades físicas de nosso corpo, é comer frutas frescas. Mas por causa da perversão do paladar, o homem acaba preferindo os adoçantes altamente refinados.

O açúcar refinado é uma substância química, agindo sobre os tecidos como um ácido. Faça você mesmo um teste e veja com seus próprios olhos. Coloque um pedaço de carne crua numa forte solução de açúcar, logo você verá as fibras da carne se contraírem, isto porque o açúcar absorve a água dos tecidos. No estômago, ele age nas mucosas, provocando irritação, acidez e congestão. E tudo que afeta a moção ativa de nosso corpo, afeta também o nosso cérebro. Isto posto, o açúcar branco em quantidade, é um veneno, especialmente quando usado para adoçar um café ou chá, ou misturado com ovos e leite, na preparação de pães e bolos. Para fugirmos dos efeitos nocivos do açúcar branco recorremos aos adoçantes artificiais, como o aspartame, a sacarina e outros. E estes são ainda mais nocivos.

Quando os alimentos misturados com açúcar chegam no estômago, eles iniciam um processo de fermentação que resulta na produção de álcool, que por sua vez, afeta o sistema nervoso, causando muitos distúrbios.

A melhor forma de acabar com os males causados pelo açúcar é abolindo-o da sua dieta, ou seja, não consumindo nenhum alimento que você saiba antecipadamente que foi adicionado qualquer tipo de açúcar no seu preparo.

O açúcar, como conhecemos hoje, surgiu em meados de 1915 e hoje é comercializado de forma ampla em todo o mundo. Nos países ocidentais, ele é a causa número um da osteoporose, do câncer, da diminuição da imunidade, da acidificação do sangue e do envelhecimento precoce que conhecemos. E você o consome avidamente por um único motivo, você é um dependente químico, tal como os viciados em cocaína e outras drogas entorpecentes. Pois o açúcar é a droga mais viciantes do planeta, mas de prejuízos silenciosos.

No Brasil, o consumo de açúcar refinado é quatro vezes maior do que o recomendado, passando de 100 gramas de consumo diário, quando o ideal é de 27 gramas. Por isso, não é de se admirar os crescentes números de diabéticos e portadores de Síndrome X ou síndrome metabólica, que consiste no aumento de todos os paramentos metabólicos: colesterol, triglicerídeos, glicose e aumento da circunferência abdominal.

Toda pessoa, que consome habitualmente alimentos que contenham em sua composição a adição de açúcar refinado, está cometendo suicídio, pois, uma vez que conhecemos seus males, não é possível imaginar que estas pessoas queiram com este ato viver mais e melhor.

109 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo